O que é a Monitorização Cerebral?

Monitorização cerebral

O que é a monitorização cerebral? 

A anestesia geral é composta de vários estados fisiológicos, incluindo o estado de inconsciência. Desta forma, a  Monitorização Cerebral faz-se essencial. 

As drogas anestésicas atuam deprimindo a função do SNC e induzem diferentes níveis de inconsciência. Para que um nível ideal seja alcançado, o  médico anestesiologista monitoriza parâmetros subjetivos e objetivos do paciente.

Parâmetros subjetivos e objetivos da monitorização cerebral

Em parâmetros subjetivos, são monitoradas as escalas clínicas de sedação, em objetivos é monitorado os processadores do eletroencefalograma (EEG), como o PSI (Índice de estado do paciente). 

O médico anestesiologista utiliza os meios disponíveis para monitorizar a consciência do paciente anestesiado. Utilizando também aparelhos que processam os sinais do eletroencefalograma têm se mostrado muito úteis na monitorização cerebral.

Conceitos da monitorização cerebral

O avanço no campo da monitorização cerebral permite um entendimento mais adequado das funções neurológicas, sendo alguns conceitos importantes:

  • Consciência: Para a neurociência traduz a relação entre o indivíduo e o meio, suas respostas aos estímulos externos e sua auto percepção;
  • Nível de consciência: Refere-se a estar adormecido ou acordado;
  • Memória: Aquisição e conservação de informações.

Parâmetros fisiológicos da monitorização cerebral

Alguns parâmetros fisiológicos são usados para medir a profundidade anestésica do paciente e auxiliar na escolha e ajuste das doses de anestésicos. Entre os parâmetros estão:

  • Pressão arterial;
  • Frequência cardíaca;
  • Alterações do padrão respiratório;
  • Atividade motora somática e esquelética;
  • Sudorese;
  • Lacrimejamento;
  • Diâmetro pupilar;
  • Reflexos cutâneos vasomotores.

SedLine®: Monitor de Função Cerebral

O SedLine® da #Masimo é uma tecnologia bilateral e totalmente não invasiva que está disponível na Plataforma de Conectividade Root. 

O sensor Sedline® é conectado na testa do paciente onde é possível se obter parâmetros dos dois hemisférios do cérebro.

Root

Na tela do Root é possível avaliar o PSI – Índice de Estado do Paciente que é apresentado em uma escala de 0 a 100 onde o plano anestésico ideal é entre 20 a 50.

O Sensor de EEG SedLine

  • Quatro eletrodos de EEG ativos coletam dados do lobo frontal;
  • Pads de espuma macia aumentam o conforto do paciente;
  • Permite aplicação simultânea de sensores de oximetria regional de SedLine e O3®.

Clique aqui e solicite informações.

Compartilhe nas suas redes sociais!