DHMed

Teste do Coraçãozinho

Sensor Masimo

O teste do coraçãozinho é um dos exames feitos nos bebês recém-nascidos com idade gestacional superior a 34 semanas fazendo parte dos testes de triagem em neonatais. A oximetria de Pulso mais conhecida como Teste do Coraçãozinho é um exame simples, rápido e capaz de detectar precocemente cardiopatias congênitas graves. 

Para que serve

O teste do coraçãozinho visa diagnosticar precocemente cardiopatias congênitas graves que são aquelas onde há o risco de vida e que necessitam de intervenção cirúrgica. A mortalidade neonatal precoce representa cerca de 60 a 70% da mortalidade infantil, sendo que 25% das mortes ocorrem no primeiro dia de vida. As cardiopatias congênitas representam cerca de 10% dos óbitos infantis e 20 a 40% dos óbitos decorrentes de malformações. 

O procedimento

O teste deve ser realizado ainda na maternidade, em todos em todo recém-nascido aparentemente saudável com idade gestacional maior que 34 semanas ainda nas primeiras 24 a 48 horas após o nascimento. O procedimento é realizado com um Oxímetro onde é conectado um sensor na mão direita do bebê e em um dos membros inferiores sem necessidade de cortes ou furos e, por isso, o bebê não sente dor ou desconforto. Para a adequada aferição, é necessário que o recém-nascido esteja com as extremidades aquecidas. 

Resultado

O resultado do exame é considerado normal quando a quantidade de oxigênio no sangue do bebê é maior que 96%, com este resultado o paciente segue com a rotina de cuidados neonatais e após a finalização dos procedimentos necessários é realizada a alta da maternidade. Se o resultado da leitura da quantidade de oxigênio no sangue for menor que 95%, o teste deve ser repetido após 1 hora e se o resultado se mantiver, o recém-nascido precisa ser submetido a um exame de ecocardiograma. 

Tecnologia Masimo SET®

Quando combinada à avaliação clínica, a Masimo SET® aprimora a sensibilidade da avaliação de doenças cardíacas congênitas graves (CCHD) para 93%. A nossa tecnologia pode melhorar os resultados, reduzir o custo do atendimento e levar um monitoramento seguro para o paciente.

Fale com um dos nossos especialistas!

Clique aqui e solicite informações

Compartilhe em suas redes sociais!